DEIXE O SEU NÚMERO COM DDD, NÓS LIGAMOS PARA VOCÊ!

DEIXE O SEU NÚMERO COM DDD, NÓS LIGAMOS PARA VOCÊ!

Cheques Devolvidos
Localizamos os credores.
Negociamos os valores para pagamento à vista ou parcelado.
Fazemos acordos para eliminar juros abusivos.
Fechamos acordos para quitação dos cheques devolvidos.
Localizamos os credores.
Apresentamos a documentação necessária ao Banco*.
Solicitamos a exclusão de cheques devolvidos (CCF).
Regularizamos legalmente o seu crédito na praça.

* Cheque original ou carta emitida pelo credor, mais tarifas e certidão negativa.

 

Protestos
Localizamos os credores.
Negociamos os valores para pagamento à vista ou parcelado.
Fazemos acordos para eliminar juros abusivos.
Fechamos acordos para quitação da letra de câmbio, contratos, sentença judicial ou cheque sem fundo.
Regularizamos legalmente o seu crédito na praça.

* São títulos protestáveis: nota promissória, duplicata, letra de câmbio, contratos, sentença judicial ou cheque sem fundo.

Esclarecemos que somente serão fornecidas as informações disponibilizadas pelos Bancos de Dados dos Órgãos Oficiais
de Proteção ao Crédito.

 

Dívidas em Geral
Localizamos os credores.
Negociamos os valores para pagamento à vista ou parcelado.
Fazemos acordos para eliminar juros abusivos.
Regularizamos legalmente o seu crédito na praça.

 

Busca e Apreensão
Cancelamento da busca.
Redução de permanência.
Depósito judicial das parcelas.
Pagamento somente das parcelas vencidas.
Financiamento do saldo devedor

*Sujeito à condição de Análise.

Se você está com parcelas de seu veículo em atraso, ou já responde a ação de busca e apreensão, entre em contato conosco.
Existem diversas formas legais de se manter o veículo, através da discussão judicial dos contratos de financiamento firmados.

 

Ação Revisional de Veículos, como Funciona?

A Ação Revisional de financiamento de veículos juros extorsivos, juros cumulativos, juros capitalizados, TAC - Taxa de cadastro e taxa de retorno. Em todo país, cresce o número de ações revisionais de financiamento de veículos, com o intuito de anular as cláusulas contratuais abusivas, imposta pelas financeiras, os tribunais superiores já estão consolidando a jurisprudência no sentido de tornar nulas as cláusulas abusivas e reduzindo as parcelas do financiamento dos veículos financiados em até 40% (quarenta por cento), reconhecendo o direito dos consumidores, e tornando nulas as taxas e cobranças indevidas e abusivas, inclusive condenando as financeiras em repetição de indébito em dobro e danos morais, pela prática abusiva dos bancos e financeiras. Os principais pontos da ação revisional são: A cobrança de Taxa de Cadastro, Taxa de avaliação de veículos, Taxa de intermediações financeiras ou taxa de correspondente bancário, e Taxa de retorno, pontos indiscutivelmente abusivos na relação consumerista, que devem ser devolvidas aos consumidores em dobro, conforme dispões o artigo 42 do Código de Defesa do Consumidor. Na relação Consumerista, Implica em vários princípios entre eles o da informação, da transparência e o princípio da boa-fé objetiva na relação contratual, que as financeiras ignoram, pois no ato da contratação, o consumidor assina o contrato em branco, só se limitando , a saber, o valor da parcela do financiamento, deixando de ser informado do custo efetivo total do financiamento, e o que está sendo cobrado, que muitas vezes só tem conhecimento quando recebem a via do contrato meses depois da contratação. Tendo em vista a multiplicidade de recursos com o fundamento em idêntica questão de direito, o julgamento de referido Recurso Especial foi afetado à Segunda Seção do STJ, a fim de que todos os processos, que versem sobre o mesmo tema, sejam julgados conforme as orientação estabelecidas pelo Superior tribunal de Justiça no julgamento desse Recurso. 

 

Ações judiciais
Temos que alertar a todos os consumidores que estão sendo alvos de empresas adquirentes de créditos podres de empresas de Telefonia e Instituições bancárias. Todas essas empresas, sem excessão, e dentre elas citarei algumas: Atlântico Fundos de Investimentos, Recovery, Betacred, Carval Master, Itapeva, Meridiano, etc... instalaram-se no mercado com essa finalidade.

Como agem as empresas?
Adquirem créditos (na maioria das vezes) prescritos, lançam o nome dos devedores nos cadastros restritivos de crédito sem notificação, com data diversa da original e sentem-se no direito de cobrar valores absurdos.

Por que a restrição é ilegal?
A grande maioria dos consumidores desconhecem que, para qualquer aquisição de dívidas através de cessão de crédito a notificação prévia do devedor é obrigatória (art. 290 C.C) e a sua falta gera total nulidade da mesma, dando ao devedor o direito de reclamar em juízo a inexigibilidade do débito e o ressarcimento de todos os danos morais oriundos dessa negativação.

O que fazer neste caso?
Aconselhamos a todos aqueles que possuem débitos com qualquer uma das empresas citadas que nos procurem para que ingressemos com a devida medida legal, dizemos isso por experiência que tenho em mais de 200 processos contra essas empresas e ganho de causa em absolutamente todas elas.

 

MÍDIAS

  • 01-midias
  • 02-midias
  • 03-midias
  • 04-midias
  • 05-midias
  • 06-midias
  • 07-midias
  • 08-midias
  • 09-midias
  • 10-midias
  • 11-midias
  • 12-midias